SALDOS ONLINE 🔥❄️ DESCONTOS EXCLUSIVOS ATÉ -60%

Vantagens das Meias de Compressão

Conheça aqui todas as vantagens das meias de compressão graduada

As meias de compressão (também designadas de contenção) são utilizadas há décadas no tratamento médico de problemas vasculares, sobretudo relacionados com a má circulação sanguínea e insuficiência venosa.

A ação benéfica das meias de compressão resulta da aplicação na meia de um tecido elástico, com maior pressão na zona do tornozelo e menor pressão no sentido ascendente, e que permite ajudar os músculos a eliminar o ácido lático, o sistema venoso a transportar o sangue de regresso ao coração e o sistema linfático a remover os fluidos em excesso dos tecidos corporais.

Por outras palavras, as meias de compressão auxiliam a circulação de sangue nas veias, estabilizam e oxigenam os músculos e reduzem o volume das pernas. A sua eficácia está estudada e comprovada cientificamente, e é reconhecida internacionalmente por profissionais da Medicina e Desporto.

Devido à sua eficácia, pessoas saudáveis podem usar regularmente as meias de compressão para prevenir ou reduzir o inchaço e a sensação de peso e dor nas pernas, problemas que surgem normalmente no final de um dia de trabalho, várias horas de pé ou após uma longa viagem de avião ou automóvel. Com meias de compressão, o desconforto diário transforma-se em conforto.

A tecnologia de compressão graduada, aplicada em meias, perneiras e pernas de compressão desportivas, oferece vantagens únicas para atletas profissionais e amadores, durante o exercício e na fase de recuperação, nomeadamente:

Suporte e estabilidade muscular e articular

A pressão controlada das meias de compressão diminui a vibração e o esforço dos músculos e articulações. Por via do melhor suporte muscular, existe um maior equilíbrio na ação entre os ligamentos e as articulações do joelho e do tornozelo. Assim, o desgaste das articulações é minimizado, principalmente na área do tendão de Aquiles, e algumas queixas relacionadas com inflamações crónicas podem também ser eliminadas.

 

Diminuição de fadiga e ácido lático 

A tecnologia de compressão aumenta a pressão sanguínea nas artérias (influxo arterial), assim como a microcirculação nos pequenos vasos capilares do corpo. Um maior fornecimento de sangue até os musculos, acelera a absorção de oxigénio, nutrientes e minerais que, por sua vez, permitem melhorar a performance e a resistência dos atletas.

Mais estabilidade muscular significa menor esforço físico e menor probabilidade de lesões. Por outro lado, a maior pressão sobre as pernas permite drenar eficazmente as substâncias metabolizadas nos músculos, ainda durante a actividade física.

Propriocepção melhorada

Por efeito da compressão, a ativação muscular e a sensação de estabilidade produzem um aumento da sensibilização do corpo do atleta. A proprioceção (ou cinestesia) é a perceção de uma pessoa sobre a localização espacial do seu corpo, a sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão. Para os atletas, este tipo de perceção permite-lhes melhorar o equilíbrio postural e a sensação de força durante o exercício.

Rapidez na recuperação

O menor desgaste dos músculos e a menor acumulação de ácido lático (por vezes imperceptível devido à fadiga generalizada do corpo) está cientificamente provado que permite diminuir o período de recuperação pós-treino ou pós-lesão.

A tecnologia de compressão aumenta a pressão sanguínea nas artérias, vasos capilares e veias, o que permite facilitar e acelerar o fluxo de nutrientes que as células necessitam para se desenvolverem e regenerarem.

Proteção e regulação térmica

Em utilização desportiva, as meias de compressão asseguram uma proteção adicional contra pequenos cortes provocados por vegetação rasteira ou pedras, sobretudo em provas de trail, orientação, OCR e BTT.

Nos dias mais frios, com vento e chuva, as meias também ajudam a manter a temperatura corporal, contribuindo assim para o conforto térmico dos músculos e diminuição do risco de lesões.